logo

Slider

O QUE É?

Com o aumento da segurança nas anestesias, a procura pela mamoplastia para aumentos dos seios tornou-se ainda maior. Seja para correção ou aumento dos seios, a cirurgia valoriza a silhueta e aumenta a autoestima da mulher.

COMO É REALIZADA?

O cirurgião faz a incisão, que pode ser PERIAREOLAR (aréola), TRANSAXILAR (axilas) e INFRAMAMÁRIA (abaixo dos seios). O implante é alojado na frente ou atrás do músculo, isso varia de acordo com o biótipo de cada paciente.

PARA QUEM É?

A indicação da cirurgia é para mamas pequenas, mamas desproporcionais ao corpo, correção de assimetria e seios flácidos associada a mastopexia.

RECUPERAÇÃO

Uma das principais dúvidas dos pacientes refere-se aos cuidados no pós-operatório de implante de silicone. Inicialmente, é preciso saber que os resultados podem ser impactados por esse período, de forma que é essencial seguir corretamente as recomendações do cirurgião plástico.

Entre os cuidados que deverão ser tomados pelas pacientes para garantir um pós-operatório de implante de silicone mais tranquilo e eficaz estão: para que a cicatrização seja efetiva, é fundamental evitar qualquer tipo de movimento brusco com os braços nos primeiros 30 dias; não pegar peso;
realizar drenagens linfáticas conforme orientação médica;
usar soutien cirúrgico para a imobilização da mamoplastia.

Apesar desses cuidados que devem ser estendidos por, pelo menos, um mês, é essencial que a paciente tenha consciência de que o pós-operatório de implante de silicone influenciará os resultados obtidos, que devem ser definitivos entre 4 e 8 semanas após a realização da cirurgia.

 

Slider
WhatsApp chat
Facebook
Instagram