logo

Prótese de Mama tem validade?

publicado em:3/08/18 9:00 AM por: Admin Della Bella Prótese de Mama com Chip

Muitas mulheres desejam aumentar e firmar os seios, mas ao tomarem essa decisão, começam a ter dúvidas em relação à cirurgia, pré-operatório, pós-operatório, entre outras situações. Uma das incertezas que invadem a cabeça das interessadas, é se a prótese de mama tem validade. Neste post, vamos responder a essa questão!

Qual a duração das próteses de mamas?

protese-de-mama-tem-validade-3
Hoje em dia, as próteses de mama só são trocadas se apresentarem algum tipo de defeito de fabricação. Uma prótese de boa qualidade e alta tecnologia chega a durar de 15 a 20 anos.
Também é recomendado que a cada dois anos – a partir do terceiro ano da cirurgia – seja feita uma ressonância magnética. Com esse acompanhamento, o médico consegue ter ideia de como está a qualidade das próteses e se permanecem intactas e bem alocadas.
Uma situação que pode ocasionar uma troca das próteses é quando se encontram rompidas ou mal posicionadas.
Por isso, é importante ficar alerta quanto ao seu tempo de fabricação, pois algumas podem surgir problemas precoces, depois de apenas alguns anos de cirurgia.

Por que trocar a prótese de silicone?

protese-de-mama-tem-validade-4
A prótese mamária não é eterna. A troca deve ocorrer, pois se estiverem rompidas ou apresentando problemas precoces como mencionamos acima, proporcionam graves riscos para a sua saúde.
Porém existem outras circunstâncias, que fazem com que a saúde – seja física, emocional ou psicológica – e a autoestima sejam abaladas.
Quando ocorre da prótese se romper, ela gera micro vazamentos de silicone, que podem inflamar o tecido mamário, e se não for tratada rapidamente, poderá se espalhar por toda a região, ocasionando um problema maior.
Por isso é muito importante seguir a risca todas as recomendações necessárias de seu médico, assim como tirar todas as suas dúvidas antes de qualquer procedimento.

Sinais que mostram o tempo de validade

protese-de-mama-tem-validade-1
Alguns sintomas podem aparecer e a troca deve ser feita – independente do tempo – como por exemplo:
Contratura capsular – Cápsula é o nome dado a cicatriz interna que se forma ao redor da prótese, essa cicatriz tende a se contrair com o passar do tempo o que pode levar a alterações na forma das mamas ou dor.
Ruptura – Se ocorrer a ruptura, muitas vezes ela nem é percebida pois o silicone é bem mais consistente. Por isso é tão importante o acompanhamento regular com exames.
Seroma – É uma complicação que pode ocorrer após qualquer cirurgia e é caracterizada pelo excesso de líquido que fica retido próximo à cicatriz cirúrgica, causando inflamação.
Desejo de aumento da prótese – É necessário que seja feita a troca por próteses maiores, lembrando que é muito importante conversar com o cirurgião antes de tomar qualquer decisão.
Existem outros fatores como incômodo nos seios, dor ou coceira na região, latejamento, cistos, sentir endurecimento ou inflamação nas mamas podem indicar que algo está errado com as próteses. Se caso você sentir algum desses sintomas, você deve ir ao médico e verificar se há necessidade de troca da prótese. Ao sentir qualquer sinal estranho, é muito importante ir a uma consulta para evitar outros problemas.
Em outros casos, como acidentes, perfurações ou cortes, o médico indicará a retirada da prótese e o implante de uma nova.

Mudança de peso pode influenciar na troca

protese-de-mama-tem-validade-5
Se alguém que possui implante de mamas emagrece ou engorda muito, a mama pode sofrer mudanças, o que leva à troca.
No caso de emagrecimento, a mama fica mais flácida e é necessário realizar um lifting – levantar as mamas – junto com a nova prótese.

É necessário acompanhamento semestral ou anual

protese-de-mama-tem-validade-4
Quem tem próteses mamárias, precisa fazer um acompanhamento frequente para garantir que tudo está perfeito. As consultas devem ser semestrais ou anuais, de acordo com o planejamento médico.
Alguns exames de rotina devem ser feitos, como ultrassom e mamografia, para verificar as próteses e também a saúde das mamas e definir se é preciso ou não realizar uma troca.

Cuidados após a substituição

Quando ocorrer a troca ou a primeira cirurgia da prótese mamária, é preciso ter alguns cuidados no período pós-operatório.
Essas dicas são: não deitar sobre os seios e evitar elevar os braços por um mês. Você sempre deve descansar ao máximo, pois o seu corpo e seus seios precisam se recuperar rápido, também é necessário não fazer esforços e evitar o sol para não ocasionar manchas na pele no local operado.

As próteses são todas iguais?

protese-de-mama-tem-validade-2
Existem variados tamanhos e formatos. Com o médico, você decidirá qual a melhor opção para seu corpo, além dos fatores fisiológicos. Mulheres muito magras podem apresentar flacidez com próteses muito grandes, por exemplo.
Você também decidirá junto com o médico, qual será a melhor via de realização do implante, sendo assim, pode ser feito pela axila, pela aréola ou pelo sulco submamário, obedecendo a certos critérios e características individuais, sua experiência e anseios da paciente.
cta-blog-consulta
E aí, o que achou do artigo? Continue acompanhando o nosso blog! E não esqueça de comentar para nós sobre suas experiências com o silicone! Queremos conhecer você!



Post Tags


Comentários



Adicionar Comentário




WhatsApp chat
Facebook
Instagram